setembro 18, 2021
Cuidados para se ter com um veículo de luxo

Cuidados para se ter com um veículo de luxo

Carros de luxo ou como são conhecidos, carros premium, são veículos com um alto valor, sendo comercializados apenas por concessionárias especializadas, para os clientes mais exigentes. 

 

Entretanto, são necessários cuidados com um veículo de luxo diferentes dos carros convencionais. Isso se dá pelo fato do valor da manutenção e peças de reposição serem extremamente altos, ocasionando gastos elevados caso seja necessário trocar essas peças. Portanto, o proprietário deve se atentar às datas das manutenções e realizá-las cuidadosamente em oficinas especializadas. 

 

Alguns cuidados simples podem fazer com que a vida útil do seu carro seja prolongada, evitando que ocorra um desgaste prematuro nas peças do carro e consequentemente sejam gastos voluptuosos valores para consertar. Pensando nisso, separamos algumas dicas de cuidados com veículo de luxo que aumentarão a vida útil do seu carro e irão melhorar a experiência de um proprietário na hora de realizar a manutenção preventiva desses carros, portanto, continue a leitura deste artigo e fique por dentro de todas as informações relacionadas ao tema.

O que fazer para conservar um carro?

A desvalorização de um bem móvel é um processo natural e ocorre com qualquer veículo convencional ou de luxo. Isso ocorre por vários fatores, mas principalmente pela falta de conservação do veículo. 

 

A conservação de um carro é um processo que pode gerar excelentes benefícios para o proprietário, caso ele queira vender posteriormente esse veículo ou caso opte por permanecer com ele em sua posse. Para conservar um carro, alguns cuidados que com certeza irão aumentar a longevidade do seu veículo e diminuir as chances de ocorrerem problemas sérios que podem demandar bastante capital para resolvê-los. A seguir, elencamos alguns cuidados que devem ser tomados, principalmente cuidados com um veículo de luxo, pelos motivos acima mencionados:

Cuidados com o motor

A parte principal de um veículo e uma das mais importantes, é, sem dúvidas o motor do carro. Grande parte dos problemas que ocorrem em veículos são por falta de manutenção adequada dessa peça. 

 

Geralmente, após trocar o óleo do motor, é indicado trocar também o filtro, fazendo com que todas as impurezas deixadas pelo óleo antigo sejam descartadas junto com o antigo filtro. Antes de iniciar uma longa viagem, verificar sempre os níveis de óleo do motor, a água que é utilizada no radiador e os demais fluidos que compõem o sistema do carro. Quando o proprietário se atenta a essas pequenas coisas, a duração das peças que compõem o moto aumenta, fazendo com que a sua utilização se dê por mais tempo, evitando gastos desnecessários. Isso ocorre porque os fluidos são responsáveis por lubrificar as partes do motor, assim como imprimir pressão em algumas peças, como é o caso dos freios. Dessa forma, desempenham um papel fundamental no bom funcionamento do veículo, evitando, além do desgaste precoce das peças, acidentes fatais que possam vir a ocorrer caso não tenham sido observados com cautela.

Freios

Em segundo lugar nos itens mais importantes de um veículo estão os freios. Portanto, a sua verificação deve ser feita todos os meses, atentando-se aos fluidos de freio, ao pedal que ocorre seu funcionamento, verificar se há algum tipo de vazamento que possa comprometer seu funcionamento e os desgastes das pastilhas de freio ou discos. Caso qualquer uma dessas hipóteses tenha ocorrido, procure imediatamente um mecânico, pois se trata de itens indispensáveis a integridade física do condutor do veículo, uma vez que podem ocorrer sérios acidentes caso ocorra alguma situação que demande frear bruscamente.

Bateria

A bateria do veículo é responsável por armazenar a energia que o veículo necessita para funcionar corretamente todo o seu sistema elétrico, devendo ser verificada constantemente pelo proprietário. Para tanto, é necessário limpar os cabos que fazem a conexão, fixá-los corretamente aos polos da bateria e verificar as condições de funcionamento e carga da mesma. Caso apresente aquele “engasgo” ao tentar ligar o veículo e só consiga após algumas tentativas, significa que está na hora de procurar um mecânico e realizar a troca, visto que, quando isso ocorre, quer dizer que a bateria já não apresenta a sua carga total e precisa ser substituída por outra nova.

Correia dentada

A correia dentada está presente em vários locais do motor e é responsável por manter a sincronia entre o eixo do comando de válvulas e a árvore de manivelas. A substituição dessa peça deve ser feita rigorosamente a cada 50 mil quilômetros, pois caso haja o rompimento dela, o motor irá travar e comprometer as demais peças do veículo, provocando dessa forma, uma série de problemas que irão danificar toda a parte mecânica do seu carro. Portanto, atente-se a essa manutenção e troque sempre ao chegar nos 50 mil quilômetros.

Pneus

Os pneus são responsáveis pelo movimento do veículo, uma vez que são eles que geram o atrito capaz de fazer o carro se mover, portanto, estão diretamente relacionados a segurança do motorista e passageiros, assim como estão também ligados a conservação do veículo. A percepção de desgaste desse componente é bastante simples e pode ser feita apenas observando as marcas que contém no pneu, onde existe um limite que ao ser atingido, é necessário trocá-lo para evitar quaisquer problemas de segurança. Embora as pessoas deixem para trocar os pneus apenas quando já se encontra no “aro”, saiba que é necessário realizar a troca no momento que em ele atingir o limite proposto pela fabricante. A partir desse limite o carro já não conseguirá mais obter uma frenagem adequada, haja vista que o atrito do pneu com o asfalto diminui, aumentando a distância da frenagem e consequentemente facilitando a incidência de acidentes.

Radiador

O radiador tem como função resfriar o motor do carro, uma vez que este sofre um grande aquecimento durante o seu funcionamento. Assim, o nível do seu reservatório deve ser verificado eventualmente antes de fazer uma viagem, respeitando os limites impostos pelo fabricante. Caso não seja verificado o seu correto funcionamento, ele poderá comprometer outros componentes do veículo, ocasionando gastos que poderiam ser evitados se tivesse feita essa correção.

Quais carros são considerados de luxo?

O termo “carros de luxo” significa que as montadoras desses veículos são altamente qualificadas e renomadas, possuindo alto valor comercial nesses carros. Portanto, é utilizado para designar carros caros de marcas famosas, como é o caso da BMW, Mercedes Benz, Rolls-Royce, entre várias outras montadoras famosas mundialmente. Para evitar a desvalorização alta desses carros e prolongar a vida útil deles, basta seguir as dicas acima mencionadas, fazendo com que o proprietário não perca tanto dinheiro na hora de vender esse bem, que em muitos casos sofre com a desvalorização alta e rápida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *